banner destaque investidor

Notícias financeiras mais recentes

Evento mais recente

Declaração de Porto Seguro (Safe Harbor) da Seagate Technology (em inglês)

As apresentações da Seagate podem conter previsões, estimativas ou outras informações que possam ser consideradas prospectivas.

Governança corporativa

A Seagate tem o compromisso de manter os mais altos padrões éticos e legais em todas as suas operações comerciais. A empresa se empenha em enfocar no futuro: nosso quadro de diretores segue procedimentos de governança estabelecidos para que a Seagate seja um cidadão corporativo responsável, incluindo a adoção do Código de conduta e ética corporativa da Seagate.

Governança corporativa da Seagate Technology: estrutura do conselho e comitês

O Conselho de administração da Seagate Technology tem quatro comitês permanentes: o Comitê de auditoria, o Comitê de compensação, o Comitê de nomeação e governança corporativa e o Comitê de finanças. Cada comitê tem autoridade para, a seu critério, contratar independentemente consultores ou conselheiros externos, dos setores jurídico, contábil ou outros.


 

  • Comitê de auditoria

    Kristen M. Onken, presidente
    Bill Coleman
    Mei-Wei Cheng
    Gregorio Reyes
    C.S. Park

  • Comitê de compensação

    Edward J. Zander, presidente
    Frank J. Biondi, Jr.
    Jay Geldmacher
    Lydia Marshall

  • Comitê de nomeação e governança corporativa

    Lydia M. Marshall, presidente
    C.S. Park
    Michael R. Cannon
    Bill Coleman

  • Comitê de finanças

    Frank J. Biondi, Jr., presidente
    Michael R. Cannon
    Gregorio Reyes
    Mei-Wei Cheng
    Kristen M. Onken

Estatutos dos comitês

Os estatutos atuais dos comitês de auditoria, de compensação, de nomeação e governança corporativa e de finanças estão disponíveis a seguir. Clique no link para ler o estatuto completo


Estatuto do comitê de auditoria

Estatuto do comitê de compensação

Estatuto do comitê de nomeação e governança corporativa

Estatuto do comitê de finanças

Código de ética da Seagate Technology plc

Introdução
Este Código de ética se aplica a cada um dos diretores, gerentes e funcionários da Seagate Technology plc e suas subsidiárias (a “Empresa”). O propósito deste Código de ética é promover a conduta honesta e ética e a conformidade com a legislação, com relação à manutenção dos livros e registros financeiros da Empresa e à preparação de suas declarações financeiras. As obrigações deste Código de ética suplementam, mas não substituem, outras políticas da Empresa aplicáveis aos diretores, gerentes e funcionários.

Conforme este Código de ética, espera-se que você:
 

  1. Assuma e promova uma conduta ética, incluindo o tratamento ético de conflitos de interesses reais ou aparentes entre relacionamentos pessoais e profissionais, e comunique ao Conselheiro geral da Empresa qualquer transação ou relacionamento material que razoavelmente poderia iniciar tal conflito.
  2. Realize suas responsabilidades honestamente, de boa fé e com integridade, a seriedade e o cuidado necessários, exercendo a todo momento o bom senso independente.
  3. Assista na produção da divulgação completa, justa, precisa, oportuna e compreensível em relatórios e documentos que a Empresa apresenta ou entrega a todos os órgãos regulamentares aplicáveis, inclusive a Securities and Exchange Commission (Comissão de Títulos e Câmbio dos Estados Unidos) e em outras comunicações públicas feitas pela Empresa.
  4. Cumpra as leis, normas e regulamentos dos governos federal, estadual e municipal e de outras agências reguladoras apropriadas.
  5. Imediatamente comunique, aberta, confidencial ou anonimamente, ao Comitê de auditoria do Conselho de administração da Empresa ou ao Conselheiro geral (i) quaisquer contabilidades, controles contábeis ou questões de auditoria questionáveis; (ii) a não conformidade com os requisitos legais ou regulamentares aplicáveis ou com este Código de ética ou (iii) retaliação contra funcionários ou outras pessoas que fizerem, de boa fé, alegações relativas às questões nesta Seção 5(i) ou (ii), em cada caso por meio do veículo disponível, incluindo:
    1. por escrito para o Conselheiro geral, a/c Seagate Technology, 10200 South De Anza Boulevard, Cupertino, CA 95014-3029 ou pelo email ethics@seagate.com;
    2. por escrito para o Presidente do Comitê de auditoria, a/c Seagate Technology, 10200 South De Anza Boulevard, Cupertino, CA 95014-3029 ou
    3. pelo telefone do Helpline de ética da Seagate, 1-800-968-4925, ou o site do Helpline da Seagate, https://seagate.alertline.com/, que estão disponíveis 24 horas por dia.

    As comunicações devem ser factuais, em vez de especulativas ou conclusivas, e devem conter a maior quantidade de informações possível para possibilitar a avaliação devida. Além disso, as comunicações devem conter informações corroborativas suficientes para respaldar o início de uma investigação, inclusive, por exemplo, os nomes dos indivíduos suspeitos de terem cometido violações, os fatos relevantes das violações, como a pessoa tomou ciência das violações, quaisquer medidas tomadas previamente pela pessoa que pode ser prejudicada ou afetada pelas violações e, na medida possível, uma estimativa do relatório impróprio ou das perdas para a Empresa como resultado das violações.
  6. Nunca realize, direta ou indiretamente, qualquer ação para coagir, manipular, enganar ou influenciar de forma fraudulenta os auditores independentes da Empresa no desempenho de sua auditoria ou revisão das declarações financeiras da Empresa.
  7. Seja responsável pelo cumprimento deste Código de ética, por si mesmo e por outros diretores, gerentes e funcionários da Empresa.

Qualquer concessão de uma das disposições deste Código de ética para diretores ou executivos (inclusive o CEO, CFO, gerente ou controlador de contabilidade principal ou pessoas em cargos semelhantes na Empresa) pode ser feita apenas pelo Conselho de administração da Empresa. Tal concessão deverá ser imediatamente divulgada de acordo com as normas e regulamentos aplicáveis (incluindo as normas de mercado da Nasdaq).

A Empresa tomará todas as medidas necessárias para impor este Código de ética, até e inclusive a demissão imediata. Violações deste Código de ética também podem constituir violações da lei, podendo expor você e a Empresa a penalidades criminais e civis.

Em caso de dúvidas sobre como este Código de ética deve ser aplicado em uma situação específica, entre em contato imediatamente com o Conselheiro geral da Empresa ou um dos membros do Departamento jurídico listados abaixo. Além disso, diretores, gerentes e funcionários da Empresa devem atentar para outras políticas da Empresa que se apliquem a eles.

Kenneth M. Massaroni, Vice-presidente executivo, conselheiro geral, CAO e secretário corporativo
Localização: Cupertino, Califórnia, EUA
Tel: 408-658-1280
Email: kenneth.m.massaroni@seagate.com

Regan J. MacPherson, Assistente do conselheiro geral
Localização: Cupertino, Califórnia, EUA
Tel: 408-658-1275
Email: regan.j.macpherson@seagate.com

Eric R. Pesik, Conselheiro geral associado, Ásia
Localização: Singapura, Singapura
Tel: 65-648-54321
Email: eric.r.pesik@seagate.com

JinGang (Edward) Wu, Gerente de contratos, China
Localização: Suzhou, China
Tel: 86-512-62735072
Email: edward.wu@seagate.com

David Hasson, EMEA
Localização: Dublin, Irlanda
Tel: 353-1-234-3139
Email: david.hasson@seagate.com

Vigente a partir de 26 de abril de 2012

Ambiente de trabalho da Seagate Technology: valores corporativos


Para onde a Seagate está indo? Como vamos chegar lá? Qual o papel que os funcionários desempenham para ajudar a empresa a cumprir seus objetivos?

Os valores corporativos da Seagate — Pessoas, Sucesso do cliente, Excelência, Inovação, Trabalho em equipe, Abertura, Responsabilidade social e Rentabilidade sustentável — são voltados para nossa perspectiva de longo prazo de liderança e prosperidade. Estes valores devem nos inspirar a um nível de excelência que potencializa valor para os clientes, parceiros de negócios e acionistas, apoiando nossos funcionários e as comunidades nas quais vivem e trabalham. Estes valores destinam-se a ser uma base para orientar nossas decisões. Eles estão refletidos em nossos objetivos de negócios e representam o padrão global pelo qual todas as nossas ações individuais e coletivas serão medidas.

Pessoas

As pessoas são a nossa vantagem competitiva. Indivíduos bem-sucedidos são a força motriz por trás de uma empresa de sucesso. Atrair, reter e motivar os melhores profissionais posicionará a Seagate na vanguarda do setor.

Para manter esta vantagem nossos funcionários devem:

  • Sempre procurar maneiras de causar um impacto positivo
  • Incentivar respeito e compaixão uns pelos outros
  • Aceitar a diversidade
  • Ser confiável e responsável em cada aspecto de nosso trabalho
  • Contratar pessoas excepcionais; promover o crescimento e proporcionar desafios para elas
Sucesso do cliente

O sucesso do cliente leva ao nosso sucesso. Ajudaremos nossos clientes ao máximo com serviços, produtos e suporte de valor agregado.

Para criar o sucesso do cliente, devemos:

  • Ouvir e compreender proativamente as necessidades dos nossos clientes externos e internos
  • Fornecer serviços e produtos econômicos e atualizados aos nossos clientes
  • Facilitar o trabalho com a Seagate
  • Tornar o serviço e o suporte que prestamos um dos nossos principais diferenciadores
Excelência

A busca da excelência não é um destino, é uma jornada.

Para alcançar este objetivo devemos:

  • Aceitar o desafio da responsabilidade
  • Garantir a qualidade em todos os aspectos do nosso trabalho
  • Ter orgulho do nosso trabalho, produtos e visão
  • Aceitar que a mudança é inevitável e que a adaptabilidade determina o sucesso futuro
Inovação

Somos os defensores e os instrumentos da mudança positiva. Ser inovador cria uma vantagem competitiva e cria novas oportunidades.

Portanto, nós:

  • Celebramos a criatividade e a mente aberta
  • Estimulamos e apoiamos a tomada responsável de riscos
  • Desenvolvemos com base nos nossos sucessos e aprendemos com nossos fracassos
Trabalho em equipe

As equipes são os catalisadores para nossas ideias e ações. Cada membro da equipe tem o poder de influenciar o grupo. Tratamos esse poder como um privilégio e uma responsabilidade. O trabalho em equipe é a base de um ambiente eficaz, divertido e bem-sucedido em que o todo é maior do que a soma das partes.

Os membros da equipe precisam:

  • Concentrar-se em atingir os objetivos da equipe
  • Apoiar iniciativas, implementar as decisões e compartilhar os sucessos de conclusão
  • Procurar formas de contribuir, aprender e apoiar
  • Aproveitar as habilidades de todos os membros da equipe
  • Energizar e inspirar uns aos outros
  • Promover uma atmosfera de integridade, franqueza e honestidade extremas
Abertura

A abertura facilita a compreensão, a confiança e as decisões inteligentes. O compartilhamento de informações em toda a organização facilita nossos objetivos comuns.

Todos nós precisamos:

  • Falar com confiança
  • Compartilhar conhecimentos e ideias
  • Reconhecer as contribuições por seus méritos, independentemente da sua fonte
  • Reconhecer e apoiar quem tem a decisão final
  • Fornecer aos gerentes, colegas e subordinados um feedback construtivo
  • Ouvir as contribuições de outras pessoas
Responsabilidade social

Incentivamos o envolvimento interno e externo à Seagate.

Nossos objetivos são:

  • Promover um equilíbrio saudável entre nossos esforços profissional, vida familiar, comunidades e meio ambiente
  • Promover contribuições positivas para nossas comunidades
Rentabilidade sustentável

Nosso negócio é baseado em uma perspectiva equilibrada entre a visão de curto e longo prazo. Nosso objetivo é expandir a empresa, aumentar nossos ganhos e melhorar nosso ambiente corporativo por meio de investimentos rentáveis.

Nossos objetivos são:

  • Construir um modelo de negócios bem-sucedido que englobe as necessidades de nossos clientes, acionistas e funcionários
  • Proporcionar uma organização dinâmica e sensível que garanta uma resposta rápida à oportunidade e à concorrência
  • Investir em um portfólio equilibrado de oportunidades de negócios a curto, médio e longo prazo de risco calculado

Helpline de ética


 

Helpline de ética da Seagate
1-800-968-4925

24 horas por dia, 7 dias por semana

Comunique pela WEB em: https://seagate.alertline.com (idiomas disponíveis: inglês, chinês, coreano, malaio e tailandês).


 

Os valores corporativos da Seagate refletem nosso antigo compromisso com os mais altos padrões de comportamento ético.

Preservar nossos valores e manter nossa integridade é responsabilidade de todos na Seagate. Se você souber de alguma situação ilegal ou antiética no local de trabalho, denuncie. Fale com o seu supervisor ou com um representante de RH imediatamente. Ou ligue gratuitamente para o helpline de ética para comunicar qualquer uma das seguintes violações:

  • Qualquer violação da lei, incluindo roubo ou fraude
  • Falsificação de documentos
  • Utilização de informações privilegiadas
  • Conflitos de interesse
  • Violações do Código de conduta da Seagate

O helpline está sempre disponível e qualquer informação fornecida é confidencial. Não espere para fazer a coisa certa.

De fora dos Estados Unidos, use os números de acesso direto da AT&T para estabelecer uma conexão com os EUA e depois disque 1-800-968-4925.

SEAGATE TECHNOLOGY PLC: Diretrizes de governança corporativa

O Conselho de administração (o “Conselho”) da Seagate Technology plc (a “Empresa”) adotou as seguintes diretrizes para esclarecer como exercita suas responsabilidades. Além disso, essas diretrizes demonstram que o Conselho possui a autoridade necessária e práticas impostas para rever e avaliar as operações comerciais da Empresa de forma adequada e para tomar decisões independentes da gerência da Empresa.

Essas diretrizes, junto com cartas de direitos dos comitês do Conselho, descrevem como é a estrutura de governança do Conselho da Empresa. O Conselho continuará a avaliar a adequação e eficácia dessas diretrizes, que estão sujeitas à alteração, conforme o Conselho considerar apropriado, de acordo com os interesses da Empresa ou conforme exigido pelas leis e regulamentos aplicáveis. O Comitê de nomeação e governança corporativa revê essas diretrizes periodicamente e recomenda alterações ao Conselho, conforme apropriado.

Vá para as seguintes seções:

Visão geral do Conselho
Critérios de adesão/composição do Conselho
Responsabilidades do Conselho
Diretores com mudanças de cargo significativas
Comitês do Conselho
Operações do Conselho e dos comitês
Programa de compensação do Conselho
 

 I. Visão geral do Conselho. O Conselho, eleito pelos acionistas, administra e supervisiona a gestão dos negócios e os assuntos da Empresa de forma consistente com os melhores interesses da Empresa e de seus acionistas. Nessa função de supervisão, o Conselho atua como o órgão de tomada de decisão final da Empresa, exceto para os assuntos reservados aos acionistas. O Conselho seleciona e supervisiona os membros da gerência sênior, que são encarregados pelo Conselho de conduzir os negócios da Empresa. Tanto o Conselho quanto a gerência reconhecem que os interesses de longo prazo da Empresa são avançados por abordarem, de forma responsável, as preocupações de outros grupos, incluindo funcionários, clientes, fornecedores e as comunidades em que a Empresa opera.

 II. Critérios de adesão/composição do Conselho Os pontos a seguir descrevem como a Empresa determina o tamanho de seu Conselho e os critérios de adesão.

A. Tamanho do Conselho e independência. Consistente com os Artigos de associação da Empresa, o número de diretores que constitui a totalidade do Conselho não pode ser menor do que dois nem, sujeito ao aumento ou à redução do limite máximo pelos acionistas, mais do que 12, com o número real determinado por resolução do Conselho. Os acionistas da Empresa elegem cada um dos diretores anualmente para exercerem o cargo durante um ano. Os diretores também podem ser indicados pelo Conselho entre reuniões de acionistas.

O Conselho acredita que, em vista da boa governança corporativa e consistente com as leis, regras e regulamentos aplicáveis, o Conselho deve consistir em pelo menos uma maioria de diretores independentes e, em circunstância alguma, o Conselho consistirá em menos do que a maioria de diretores independentes. Um diretor é qualificado como independente para fazer parte do Conselho e seus comitês, se o Conselho determinar que o diretor atende à definição de "diretor independente" dos padrões de listagem das Regras de mercado da NASDAQ ("NASDAQ"). A definição de independência da NASDAQ inclui uma série de testes objetivos, como se o diretor não é funcionário da Empresa e não se envolvei em diversos tipos de negociações com a Empresa. O Conselho também é responsável por determinar afirmativamente, para cada diretor independente, que não existe nenhum relacionamento que, na opinião do Conselho, poderia interferir com o exercício de seu julgamento independente na realização de suas responsabilidades como diretor.

 

B. Critérios de adesão ao Conselho O Comitê de nomeação e governança é responsável por revisar as qualificações dos possíveis candidatos a diretor e recomendar ao Conselho os candidatos a serem nomeados para eleição para o Conselho. O Comitê de nomeação e governança considerará a experiência profissional dos candidatos, as realizações reconhecidas em sua respectiva área de atuação e a disposição de dedicar o tempo e esforço necessários. Cada candidato a diretor deve ter bom julgamento, caráter sólido e uma mente independente. Cada diretor também deve ter uma reputação por sua integridade e ética pessoal e profissional. O Conselho não estabeleceu limites de termo. Embora limites de termo ofereçam algumas vantagens, o Conselho acredita que qualquer benefício é superado pela desvantagem de perder Diretores experientes que tenham desenvolvido um ponto de vista valioso sobre a Empresa, suas operações, estratégias, planos e potencial. Como uma alternativa aos limites de termo, o Comitê de nomeação e governança corporativa revê as qualificações e contribuições de cada diretor, considerando se devem ser nomeados para reeleição no Conselho e faz recomendações ao Conselho se eles devem apoiar a reeleição pelos acionistas. Os acionistas também nomeiam diretores para eleição na reunião geral anual da Empresa e o Comitê de nomeação e governança considera esses nomeações. Além disso, segundo a legislação irlandesa, os acionistas que tiverem mais de 10% dos direitos de voto podem convocar uma reunião de acionistas com o propósito, entre outras coisas, de considerar nomeações de diretores.

 C. Liderança do Conselho.
 

Presidente do Conselho. O Conselho, em geral, acredita que os cargos de presidente do Conselho de administração e CEO devem ser assumidos, cada um, por uma pessoa. Isso ajuda na supervisão da gestão, a menos que seja de interesse da Empresa que a mesma pessoa possua os dois cargos.

 Diretor independente principal. Se o Presidente do Conselho não for um diretor independente, o Comitê de nomeação e governança corporativa nomeará e os diretores independentes elegerão um Diretor independente principal entre os diretores independentes da Empresa em sua primeira sessão executiva após cada assembleia anual dos acionistas. O Diretor independente principal coordena as atividades dos outros diretores sem função de gestão, preside as reuniões do Conselho em que o presidente do Conselho não está presente e cada sessão executiva serve de ligação entre o presidente do Conselho e os diretores independentes, aprova agenda e horários de reuniões do Conselho, possui autoridade para marcar reuniões dos diretores independentes e está disponível para consulta e comunicação direta, se requisitado pelos acionistas principais. Um novo Diretor independente principal será nomeado na medida que o Conselho achar apropriado.

D. Serviço por diretores em outros Conselhos e em outros Comitês de auditoria. 

Outros conselhos de empresas públicas: Diretores precisam informar ao presidente do Comitê de nomeação e governança corporativa antes de se associarem ao conselho de outra empresa pública, para que quaisquer conflitos possíveis ou outras questões sejam cuidadosamente consideradas. Os diretores estão limitados a atuarem em quatro (4) conselhos de empresas de capital aberto, além do Conselho da Empresa, a menos que uma aprovação específica seja obtida do Conselho de administração. Além disso, nenhum membro do Comitê pode atuar no comitê de auditoria de mais de três (3) empresas de capital aberto (incluindo a Empresa), a menos que o Conselho de administração determine que tal atuação simultânea não afetaria a capacidade de cada membro atuar de forma eficiente no Comitê. O Comitê de nomeação e governança corporativa considerará, especificamente, se a capacidade do diretor de se desligar de suas funções causará impacto à Empresa e aconselhará o Conselho. A Empresa espera que todos os diretores dediquem tempo e esforço suficientes às suas funções como membros do seu Conselho. Esse fator é levado em consideração no processo de avaliação individual de diretores.

Serviço do CEO em outros conselhos: Nosso CEO está limitado a prestar serviços a um conselho de empresa pública, além dos serviços do Conselho da Empresa. Antes de aceitar um convite para prestar serviços no conselho de outra empresa pública, o CEO precisa informar o Comitê de nomeação e governança corporativa . O CEO não pode prestar serviços no conselho de uma empresa na qual um dos diretores da Empresa também seja um funcionário.

 III. Responsabilidades do Conselho Acionistas elegem o Conselho para supervisionar a gestão e garantir que os interesses dos acionistas estão sendo atendidos. Especificamente, o Conselho executa várias funções de valor descritas abaixo.

A. Revisão e aprovação da direção estratégica da Empresa, do plano operacional anual e de ações corporativas principais. O Conselho e a equipe de gerência sênior discutem e, quando apropriado, o Conselho aprova estratégias de longo prazo, objetivos e planos financeiros, entre outros, e ações corporativas importantes. O Conselho revisa e aprova um plano operacional para a Empresa e também deve revisar tendências e desenvolvimentos políticos, regulamentares e econômicos que possam ter impacto sobre a Empresa.


 

B. Monitoração do desempenho da Empresa. O Conselho monitora o desempenho da Empresa em relação ao seu plano operacional anual e ao desempenho de seus pares. Regularmente, o Conselho revê o desempenho financeiro da Empresa, com foco específico em comparações com a concorrência e com pares. Essas revisões incluem as visões da gerência, assim como aquelas dos principais investidores e analistas de títulos.

C. Avaliação do desempenho da Empresa e do CEO. Periodicamente, o CEO se reúne com o Comitê de nomeação e governança corporativa para discutir o desempenho e direcionamento geral da Empresa.

Periodicamente, os diretores sem função de gestão reúnem-se separadamente para avaliar a direção e o desempenho da Empresa e para discutir o desempenho individual e a remuneração do CEO, seguido de uma avaliação feita pelo Comitê de compensação. Os resultados dessa avaliação são fornecidos ao CEO.

D. Revisão e aprovação do planejamento de sucessão da gerência sênior e do CEO. O Conselho compreende a importância de um planejamento de sucessão ordenada dentro da Empresa. Em uma sessão executiva, o Conselho, diretamente e através de seus Comitês, executa uma avaliação anual do planejamento de sucessão da gerência sênior e do CEO e dos planos de desenvolvimento em vigor para a preparação de possíveis sucessores. O Conselho também avalia os planos de contingência para sucessão interina do CEO e do CFO, caso haja uma ocorrência inesperada.

E. Orientação e aconselhamento de gestão. Orientação e aconselhamento de gestão ocorrem através de reuniões formais do Conselho e do Comitê do Conselho e através de contatos informais de diretores individuais com o CEO e com outros membros da equipe de gestão em vários níveis em toda a Empresa.

F. Supervisão de conformidade legal e ética. O Conselho, diretamente e através de seus Comitês, supervisiona conformidades éticas e legais, assegurando que haja processos em vigor para a manutenção da integridade em toda a Empresa, incluindo a integridade das declarações financeiras e da conformidade com leis e éticas e com o Código de conduta e ética empresarial) da Empresa.

G. Lealdade e ética. Em suas funções como diretores, todos os diretores têm deveres fiduciários com a Empresa, incluindo o dever de agir nos melhores interesses da Empresas. A Empresa adotou um Código de ética e os diretores devem cumprir o Código de ética.

H. Supervisão da gestão de riscos. O Conselho, diretamente e através de seus Comitês, supervisiona os processos e programas de gestão de risco corporativo da Empresa, incluindo os relativos a riscos financeiros e operacionais, avalia riscos para a Empresa, revisa estratégias para a mitigação de riscos e, ao menos duas vezes por ano, revê as etapas que a gerência da Empresa está realizando ou realizou para monitorar e controlar riscos dentro das diretrizes de apetite por riscos.

 IV. Diretores que modificarem sua responsabilidade de função presente. Qualquer diretor cuja(s) afiliação(ões) ou cargo de emprego principal mude substancialmente após a eleição ao Conselho deverá apresentar seu pedido de demissão como diretor do Comitê de nomeação e governança para consideração. O Comitê de nomeação e governança analisará com o Conselho os efeitos dessa mudança segundo os interesses da Empresa e recomendará ao Conselho a aceitação da demissão. Os diretores que também forem funcionários da Seagate deverão apresentar seu pedido de demissão ao Conselho ao mesmo tempo em que se afastarem do emprego ativo na Empresa, o que estará sujeito à aceitação do Conselho.

  V. Comitês do Conselho.O Conselho supervisiona todas as decisões de maior importância na Empresa. Para ajudá-lo em questões de maior profundidade, o Conselho estabeleceu quatro comitês: o Comitê de auditoria, o Comitê de compensação, o Comitê de nomeação e governança corporativa e o Comitê de finanças. Membros do Comitê de auditoria, de compensação e de nomeação e governança corporativa precisam estar de acordo com os padrões de independência definidos nas Regras de mercado da NASDAQ, conforme determinado pelo Conselho de administração. Além disso, os membros do Comitê de auditoria devem atender aos padrões de independência aplicáveis a membros de comitê de auditoria determinados pelas regras da SEC e NASDAQ. Cada comitê reporta para o Conselho. O Conselho pode acrescentar comitês ou dispensar comitês adicionais de tempos em tempos, conforme achar necessário, para fins de cumprimento de responsabilidades primárias.

O Conselho também considera uma rotação periódica dos membros e cadeiras dos comitês, levando em conta os benefícios da continuidade e experiência e requisitos de listagem de intercâmbio de ações regulatórias legalmente aplicáveis. Um diretor pode atuar em mais de um comitê.

Além disso, cada comitê, periodicamente, conduz uma revisão e avaliação do desempenho deste comitê e de seus membros, incluindo a conformidade com o estatuto do comitê. A Empresa publica as cartas de direitos dos comitês em seu site.

 VI. Operações do Conselho e dos comitês.

A. Reuniões do Conselho e comparecimento de diretores. O Conselho da Empresa se encontra ao menos quatro vezes por ano, em reuniões regularmente programadas, mas reúne-se com mais frequência, se for necessário. O presidente do Conselho, quando presente, preside as reuniões e, em sua ausência, assume o diretor independente principal. Cada diretor deve comparecer a reuniões programadas e especiais, exceto se circunstâncias inusitadas o impedirem de fazê-lo. Os diretores também devem esforçar-se para participar da assembleia geral anual.

B. Planejamento estratégico. Periodicamente, o Conselho conduz uma reunião com a gerência sênior para rever o plano estratégico, as metas e os objetivos da Empresa.

C. Agendas de reuniões do Conselho. O presidente do Conselho estabelece uma agenda preliminar para cada reunião. Qualquer diretor pode solicitar que sejam incluídos itens na agenda. O diretor independente principal aprova a agenda final antes de cada reunião trimestral do Conselho.

Embora o Conselho acredite que uma agenda cuidadosamente planejada é importante para reuniões eficientes do Conselho, a agenda é flexível o suficiente para acomodar novos desenvolvimentos. O período de tempo marcado para as reuniões do Conselho é amplo, para discussões completas referentes a assuntos importantes. Agendas, além de incluírem relatórios financeiros e operacionais, também incluem outros relatórios, como questões atuais que possam afetar a estratégia e os negócios de curto e/ou longo prazo da Empresa, medidas críticas e comparações e outros tipos de apresentações que possam ampliar a perspectiva de um diretor sobre vários assuntos. Apresentações da gerência são programadas, de forma que uma boa parte do tempo de reunião do Conselho seja destinado a discussões e comentários.

D. Sessões executivas. Para promover discussões livres e abertas entre os diretores independentes, o Conselho reserva um tempo em todas as reuniões regulares para que os diretores independentes reúnam-se em sessão executiva sem a presença da gerência. Caso o Presidente do Conselho não seja um diretor independente, o Diretor independente principal presidirá sessões executivas.

E. Fluxo de informações para o Conselho. Membros do Conselho recebem agendas e outras informações antes das reuniões, para que possam se preparar para discutir os itens na reunião, a menos que não haja tempo disponível ou que alguma questão exija que os assuntos sejam abordados somente na reunião do Conselho. Cada diretor precisa revisar essas informações antes da reunião, para que seja feito uso eficiente do tempo de reunião. Ao preparar essas informações, a gerência procura garantir que os materiais distribuídos estejam tão concisos quanto possível, mas forneçam informações suficientes aos diretores para que tomem decisões embasadas. A gerência disponibilizará o pessoal apropriado para responder a quaisquer dúvidas que um diretor possa ter a respeito de qualquer aspecto dos negócios da Empresa.

As informações são fornecidas para o Conselho por várias fontes, incluindo relatórios da gerência, uma comparação de desempenho entre planos operacionais e financeiros, relatórios sobre o desempenho das ações da Empresa e operações preparadas por terceiros, além de artigos de várias publicações comerciais.

Conforme apropriado, itens significativos que exigem aprovação do Conselho podem ser revistos em uma ou mais reuniões e votados em reuniões subsequentes, com a intervenção do tempo usado para esclarecimentos e discussões de questões relevantes.

F. Comparecimento regular de não-diretores em reuniões do Conselho. Os executivos sênior da Empresa reportam para o Conselho em suas respectivas área de responsabilidade, conforme solicitado pelo Conselho. Às vezes, outros funcionários da Empresa são solicitados a fazerem apresentações específicas para o Conselho.

G. Orientação para novos diretores. Os novos diretores da Empresa precisam comparecer a uma sessão de orientação, que inclui receber e revisar materiais extensivos relativos aos negócios e operações da Empresa, incluindo mas não limitando-se a, declarações financeiras e estrutura e governança corporativas. Diretores incumbentes são convidados a comparecer a essas reuniões de orientação. Para se familiarizarem com os processos de fabricação da Empresa, novos diretores são encorajados a visitar os centros de criação e as instalações de fabricação da Empresa, assim que for razoavelmente viável e após um período de tempo razoável da adesão ao Conselho. A Empresa reembolsa despesas de viagem para orientação de novos diretores.

H. Programas de estudo constantes para diretores.A Empresa apoia o comparecimento de seus diretores em programas educativos externos para diretores e, com autorização do presidente do Comitê de nomeação e governança corporativa, reembolsa diretores com despesas razoáveis relacionadas ao comparecimento em bons programas educativos externos para diretores.

I. Avaliações O Conselho, através do Comitê de nomeação e governança corporativa e do Comitê de compensação, supervisiona o processo de avaliação do Conselho e do CEO anualmente. Os comitês do Conselho conduzem autoavaliações periódicas e as respostas são revistas com o Comitê de nomeação e governança corporativa e com o Conselho. O Comitê de nomeação e governança corporativa também considera, periodicamente, a mistura de habilidades e experiência que os diretores trazem para o Conselho e avalia se o Conselho possui as ferramentas necessárias para executar suas funções de supervisão eficientemente.

J. Outras qualificações do comitê. As qualificações de membros individuais de comitê são revistas anualmente para assegurar que estejam em conformidade com os requisitos regulatórios que devem ser executados pelos membros de cada comitê específico. O Comitê de nomeação e governança corporativa recomenda os membros dos comitês para o Conselho.

K. Agendas do comitê. O secretário do comitê, juntamente com o presidente do comitê, prepara agendas do comitê. Eventos recorrentes anualmente para cada comitê são geralmente distribuídos todos os anos e usados como itens básicos da agenda. Todos os membros do comitê podem incluir itens adicionais em uma agenda.

L. Conselheiros externos e acesso à gerência. O Conselho e seus comitês têm o direito, a qualquer momento, de manter conselheiros ou consultores externos financeiros, jurídicos, contábeis, entre outros, às custas da Empresa para auxiliar nos seus deveres com a Empresa e seus acionistas. Membros do Conselho também têm livre acesso a todos os membros da gerência e funcionários da Empresa, conforme necessário e apropriado.

M. Comunicação com diretores. A reunião geral anual oferece a oportunidade, todos os anos, aos acionistas de fazerem perguntas ou de se comunicarem diretamente com membros do Conselho sobre questões importantes para a Empresa. Além disso, acionistas e outras partes interessadas podem se comunicar com qualquer ou todos os nossos diretores, inclusive o diretor independente principal e/ou com os diretores independentes não gerentes como um grupo, transmitindo correspondência pelo correio ou por fac-símile da seguinte maneira:

Conselho de administração (ou diretor específico)
a/c Secretária da empresa
Seagate Technology plc
38/39 Fitzwilliam Square
Dublin 2 Irlanda
Fax: + 353 (0) 1 661 2040


A secretária executiva deve transmitir comunicações, assim que possível, ao(s) endereço(s) do diretor identificado, a menos que haja considerações legais ou outras que mitiguem contra uma futura transmissão da comunicação, conforme determinado pela secretária executiva. Nesse sentido, certos itens não relacionados às obrigações e responsabilidades do Conselho não serão encaminhados pelo secretário, tais como:

  • solicitações comerciais ou anúncios;
  • lixo postal e correspondência excessiva;
  • sugestões de novos produtos;
  • reclamações de produtos;
  • dúvidas sobre produtos;
  • currículos e outras formas de solicitações de trabalho;
  • spam; e
  • pesquisas.


Além disso, material demasiadamente hostil, ameaçador, ilegal ou similarmente inadequado será excluído, e o Conselho ou diretores individuais endereçados serão orientados sobre quaisquer comunicações mantidas para fins legais ou outros, assim que praticáveis.

N. Relatórios sobre preocupações referentes a contabilidade, controles internos ou questões de auditoria O Comitê de auditoria possui procedimentos em prática para receber, reter e tratar reclamações recebidas relativas a contabilidade, controles de contabilidade interna ou questões de auditoria e para permitir encaminhamentos confidenciais ou anônimos de preocupações referentes a questões de auditoria ou contabilidade questionáveis. Esses procedimentos, incluindo as informações de contato do Helpline de ética, podem ser obtidos no site da Empresa em http://www.seagate.com/about/investors/, na guia “Helpline de ética”.


 

 VII. Programa de compensação do Conselho. A Empresa tenta manter um programa de compensação justo e direto no nível do Conselho, criado para competir com programas de compensação de empresas equiparáveis.

A. Compensação do diretor

O Comitê de compensação da Empresa recomenda e administra as políticas que governam o nível e a forma de compensação do diretor, com supervisão dos diretores independentes.

O Comitê de compensação da Empresa acredita que parte substancial do pacote de compensação total dos diretores deve ser na forma de ações ordinárias e equivalentes a ações da Empresa, para alinhar melhor os juros dos diretores da Empresa com os juros de longo prazo de seus acionistas.

B. Propriedade de ações

O Conselho encoraja diretores e terem ações da Empresa. A Empresa poderá estabelecer uma política exigindo a propriedade de um número específico de ações por diretores.

Alterado e consolidado pelo Conselho de administração em 22 de outubro de 2013.

Informações financeiras e eventos

A Seagate é líder mundial no fornecimento de soluções de armazenamento e unidades de disco rígido. Aqui, você pode encontrar informações financeiras detalhadas e notícias da Seagate, além de registros de eventos.

Informações financeiras da Seagate Technology

to
Use o formato mm/dd/aaaa.
Use o formato mm/dd/aaaa.

Perguntas frequentes

  • Quando foi fechada a aquisição da Maxtor pela Seagate? Fechar

    R: 19 de maio de 2006

  • Qual era o preço de fechamento da Maxtor (MXO) em 19 de maio de 2006? Fechar

    R: US$ 9,27

  • Como titular de ações ordinárias da Maxtor, o que receberei na fusão? Fechar

    R: Segundo os termos do contrato de fusão, os acionistas da Maxtor receberão em uma permita livre de impostos 0,37 de ações ordinárias da Seagate para cada ação ordinária da Maxtor.

  • O que preciso fazer para trocar minhas ações da Maxtor por ações da Seagate? Fechar

    R: O processo de permuta de ações da Maxtor por ações da Seagate depende da maneira na qual você mantém suas ações da Maxtor.

    Titulares de certificados de ações da Maxtor:

    Se você tiver certificados físicos representando ações da Maxtor, receberá uma carta de transferência da Computershare, o agente de transferência da aquisição Seagate/Maxtor. A carta de transferência detalhará os procedimentos para os titulares de ações da Maxtor trocarem seus certificados por certificados de ações ordinárias da Seagate e trocarem qualquer ação fracional por dinheiro.

    Aguarde aproximadamente duas a três semanas a partir da data de fechamento (19 de maio de 2006) para receber a sua Carta de transferência. Se acreditar que a Maxtor e seu agente de transferência não têm o seu endereço atual, você não tiver recebido uma Carta de transferência ou precisar de uma Carta de transferência adicional, entre em contato com a Computershare em 303-262-0600 ou 800-962-4284 (ligação gratuita) para solicitar uma nova Carta de transferência.

    Observe que, se você tiver ações por meio de um banco ou corretora, NÃO receberá uma Carta de transferência e não precisará preencher uma Carta de transferência.

    Titulares através de bancos ou corretoras ("street name"):

    Se você tiver ações por meio de um banco ou uma corretora, o seu banco ou corretora tratará da conversão das suas ações. A conversão está prevista para levar de 5 a 10 dias a partir do fechamento da transação. Você não precisa fazer nada. Alguns bancos e corretoras poderão computar o dinheiro no lugar de ações fracionais de forma ligeiramente diferente. Observe que, se você tiver ações por meio de um banco ou corretora, NÃO receberá uma Carta de transferência e não precisará preencher uma Carta de transferência.

  • Quais são as consequências tributárias relativas à permuta das minhas ações? Fechar

    R: Essa é uma transação "all-stock" (troca de ações) que não aciona um evento tributável, de acordo com as leis de tributação dos Estados Unidos.

  • Com a fusão concluída agora, o que acontecerá com as senior notes convertíveis de 2,375% e 6,8% da Maxtor? Fechar

    R: as senior notes convertíveis da Maxtor, tanto de 2,375% com vencimento em 2012 quanto de 6,8% com vencimento em 2010, continuarão em circulação e convertíveis segundo escolha dos titulares, sujeitas a seus próprios termos e condições. Para os 2,375% com vencimento em 2012, as notas serão convertíveis em aproximadamente 56,65029 ações da Seagate para cada US$ 1.000 de quantidade principal dessas notas. Para os 6,8% com vencimento em 2010, as notas serão convertíveis em aproximadamente 30,17329 ações da Seagate para cada US$ 1.000 de quantidade principal dessas notas.

  • Qual era o número CUSIP da Maxtor? Fechar

    R: O número CUSIP de ações ordinárias MXO era 577729.

  • Quando a fusão Maxtor/Quantum HDD entrou em vigor? Fechar

    R: 2 de abril de 2001.

  • O que os acionistas da Quantum HDD receberam na fusão? Fechar

    R: Os acionistas da Quantum HDD receberam 1,52 ação da Maxtor para cada ação da Quantum HDD que eles tinham.

Contato com Relações com investidores

Na Seagate, entendemos a importância de fornecer informações relevantes rapidamente para a comunidade de investimento. Acesse estas ferramentas de autoatendimento para obter informações em tempo oportuno.

Observe que alguns documentos do Kit do investidor estão em formato PDF e requerem o Adobe Reader.

Inscreva-se para receber alertas por email (Shareholder.com)

Preencha o formulário de solicitação de literatura (Shareholder.com)

Para tirar dúvidas referentes às Relações com os investidores, entre em contato com:

Email: stx@seagate.com
Telefone dedicado de Relações com os investidores: (408) 658-1222

Ações da Seagate

Saiba mais