X

Ponto de vista da Seagate Mobilidade, wireless e localidade de armazenamento

Os discos rígidos da Seagate oferecem armazenamento centralizado que pode transmitir dados para dispositivos móveis.

mobility-wireless-and-storage-locality-pov

O estilo de vida móvel está se tornando cada vez mais visível pelas compras que os consumidores têm feito de dispositivos de conteúdo. Esses dispositivos vêm em vários formatos. Embora todas essas configurações sejam importantes, a que tem maior influência sobre o armazenamento é o smartphone. Os analistas esperam que as distribuições anuais de smartphone superarão toda a base instalada de PCs móveis ainda em 2013.3 Eles também acreditam que muitos usuários novos que estão entrando no mercado, principalmente nos países emergentes, irão ignorar o PC e partir direto para o smartphone, pois esses países sabem que é mais viável um investimento inicial em infraestrutura de conectividade sem fio.

Da perspectiva do armazenamento, a boa notícia é que tablets e smartphones são dispositivos de consumo de conteúdo que transmitem dados. A Cisco relatou que o tráfego de dados móveis global cresceu 70% em 2012 e, até 2017, o tráfego de dados móveis global ultrapassará os 11 exabytes por mês, um aumento de 13 vezes em relação a 2012.4 Além disso, até 2017, os smartphones serão responsáveis por 68% do tráfego, com projeções indicando que o smartphone médio gerará 2.7 GB de tráfego por mês e o tráfego de smartphone agregado será 19 vezes maior do que é hoje.3

Cisco Visual Networking Index: Global Mobile Data Traffic Forecast Update, 2012-2017

Figura 1. Correlação de dispositivos de consumo ao tráfego IP (taxas de crescimento ano a ano)

A Figura 1 mostra que smartphones e tablets, de 2013 a 2016, estão previstos para crescer a uma CAGR (taxa de crescimento anual composta) de 20%, enquanto o tráfego IP móvel deverá crescer a uma taxa mais de três vezes superior, com CAGR de 67%. Em outras palavras, para cada 1% de crescimento dos dispositivos móveis, a rede sofre um crescimento de 3% em tráfego IP móvel. É improvável que isso cause alguma uma surpresa, visto que, segundo as projeções, os consumidores serão responsáveis por mais de 90% do tráfego IP em 2016, sendo quase 70% do tráfego de conteúdo de vídeo.4

O conteúdo de vídeo aumentará o consumo e a demanda por gigabytes nas duas pontas do processo: onde os dados inicialmente residem ou estão hospedados e onde, no final das contas, ele é armazenado. Inicialmente, o conteúdo é hospedado nos servidores das centrais de dados (armazenamento em lote) e acredita-se que isso continuará crescendo nas nuvens públicas e privadas. No final, esses dados poderão ter vários destinos, inclusive repositórios centralizados de dados domésticos, entre eles: caixas NAS, consoles de jogos ou outros dispositivos de ponta, como um DVR.

As tendências também indicam que a velocidade de banda larga, com e sem fio, continuará aumentando e sua disponibilidade será ampliada no decorrer da década. Em muitos países, o acesso e a infraestrutura de banda larga são uma prioridade nacional. Os governos entendem isso como uma necessidade para se manterem competitivos em uma economia mundial. O aumento de velocidade e acesso gerado por essas iniciativas farão da transmissão (streaming) uma opção viável para o acesso a dados, eliminando a necessidade de haver grandes quantidades de armazenamento local em cada dispositivo. Além disso, a maior velocidade da conectividade sem fio aumenta a praticidade de uso de NAS doméstico, visto que as residências armazenam dados centralmente e transmitem o conteúdo para o dispositivo desejado.

A necessidade de armazenamento é clara. A questão é onde a maior parte desse armazenamento residirá nesse ecossistema móvel conectado.

Notas de rodapé:

1Gartner - Device by OS and User Type & Forecast Analysis: Mobile Phones, Tablets and Consumer Electronics, Worldwide, 2012-2016, 4Q12
2Cisco – Visual Networking Index: Global Mobile Data Traffic Forecast Update, 2012-2017, fevereiro de 2013
3Cisco – Visual Networking Index: Global Mobile Data Traffic Forecast Update, 2012-2017, fevereiro de 2013
4Cisco – Visual Networking Index: Global Mobile Data Traffic Forecast Update, 2012-2017, fevereiro de 2013

Etiqueta:

Produtos relacionados
Wireless Plus - Hero Esquerda
Seagate Wireless Plus

Transmita a sua mídia e arquivos sem fios a tablets, smartphones, PCs e Macs. 1 TB de capacidade.

4-Bay NAS
Business Storage 4-Bay NAS

NAS para até 50 estações de trabalho com compatibilidade plug-and-play e configuração RAID 1, 5 ou 10

Constellation 2 - principal
Enterprise Capacity 2.5 HDD

Servidores corporativos e blade e sistemas de armazenamento JBOD/RAID. Opções SED, ISE e FIPS.

ARTIGOS DE PONTO DE VISTA RELACIONADOS
A próxima etapa da computação: a estrutura de armazenamento

O desenvolvimento da computação em nuvem promete os seus dados na palma da sua mão, sempre que precisar deles.

Mais
Computação em nuvem: Resposta à necessidade de melhores práticas de armazenamento

Fornecimento de capacidade e desempenho para serviços de nuvem

Mais